Publicado por: Renan Accioly Wamser | setembro 27, 2007

Enxerto

      Acabei de acordar com uma azia danada. Para se ter uma idéia, agora são 8 horas e 52 minutos e meu dia já está indo para o buraco. E quem me conhece, sabe que esse horário não condiz com minha pessoa e não ajuda muito no meu problema gastrintestinal do momento. Eu não gosto de acordar cedo por vários motivos, mas têm alguns que são prioritários. Por exemplo, meu pai acorda cedo para rezar, não que eu odeie religião, só que ele deita no chão e começa a falar altas coisas sobre ajudar a mim e meu irmão e tudo mais. Eu até gosto dessa parte. Mas aí ele começa a falar outras coisas como se estivesse em transe ou algo do tipo. Sinto-me mal e preciso deixar de escutar isso de qualquer maneira. Levanto, fecho a porta e aí não durmo mais. 

       Isso aconteceu há poucos minutos atrás. Só que a azia aconteceu antes dele rezar. Depois de acordar fiquei um bom tempo deitado na cama escutando a Miriam Leitão falando que a economia está progredindo e que o brasileiro tem dinheiro. Não sei por qual motivo, mas eu não acredito muito nisso. Então eu me revirei na cama, tentando desviar o sol que entra pela fresta da janela e pensando algumas coisas sobre minha vida e a dos outros. Sempre penso sobre minhas amizades do momento. Gosto de analisar cada uma delas e ver qual está se saindo melhor sob minha perspectiva. Penso também em algumas garotas. Garotas que eu vejo por aí e que gostaria de convidar pra tomar um café, mesmo que eu não goste de café. É charmoso.

      Imaginei coisas do fim de semana e torci para que minha camisa branca não fique para sempre manchada de tinta azul. Meu pai falou que leite tira manchas, e, neste momento, a manga direita está enfiada em um copo com leite na pia. Estou prestes a entrar no banho e comer um pedaço de pizza gelada de ontem à noite. Acabei de tomar um Pepsamar, que me lembra Pepsi, e um Repoflor, que me lembra a ex-namorada de meu pai, Flora. Meu pai está todo garanhão. Várias mulheres vêm aqui em casa enquanto estou na faculdade. Fico feliz por ele, mas tenho receio que sejam prostitutas. É tão bom ter de quem falar. E mais ainda ter alguém que vá buscar remédio e se importe com o que você comeu na noite passada. Ontem vi uma entrevista em que o entrevistado falou que há pessoas que ficam com diarréia e já pensam que estão com AIDS. Juro que pensei ser soro-positivo por um instante. Aquele entrevistado mudou minha idéia sobre um dia ruim.

Anúncios

Responses

  1. fiquei com medo do seu pai. Ainda bem que aqui em casa ninguém reza em voz alta.

    E eu recomendo não comer pizza de manhã a fim de evitar seus problemas gástricos.

    Não sabia que você não gostava de café.

    =**

  2. Há, Bukowski escreve seu blog. Acho que acontece um transe e ele entra no seu corpo. Muito engraçado como sempre.

  3. q saudades de vc


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: